Por Gleidson Martins

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva foi condenado, hoje, em uma ação penal que envolve o caso da compra e reforma de um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo.

O juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato na primeira instância, condenou o ex-presidente a 9 anos e meio de prisão.

Lula foi condenado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro na operação da Lava Jato. Além de Lula, outras seis pessoas foram condenadas no mesmo processo, são eles:

Léo Pinheiro, ex-presidente da OAS por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Paulo Gordilho, arquiteto e ex-executivo da OAS por lavagem de dinheiro.

Paulo Okamotto, presidente do Instituto Lula por lavagem de dinheiro.

Agenor Franklin Magalhães Medeiros, ex-executivo da OAS por corrupção ativa.

Fábio Hori Yonamine, ex-presidente da OAS Investimentos por lavagem de dinheiro.

Roberto Moreira Ferreira, ligado à OAS por lavagem de dinheiro.

A defesa de Lula ainda não se manifestou sobre a sentença de Moro.